Os mortos não são números

"O Estado falhou antes e volta a falhar depois", escreve o Pedro Correia.

pub

os nossos destaques