"O Estado falhou"

"Não é admissível que 47 pessoas morram numa estrada horas depois de um incêndio começar", escreve o autor do blog Ouriquense.

pub

os nossos destaques