• Livros

    O apelo dos livros. Subscreva os seus blogs preferidos na área de Leituras.

  • avatar

    Filipe Seems I, II, III

    Descontos, em diariodeleiturashá 12 horas

      Com A tribo dos sonhos cruzados termino a trilogia de investigações do detective Filipe Seems. Termino com chave de ouro porque é a minha preferida, embora seja a mais  estranha  que já li. Numa Lisboa pós-apocalíptica, Filipe Seems procura algo que não sabe bem o que é.(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Entre o ocidente e o mundo árabe

    Descontos, em diariodeleiturashá 13 horas

      O árabe do futuro é uma novela gráfica e autobiográfica de Riad Sattouf, filho de uma francesa e um sírio. Todo o primeiro volume (na foto) abrange a sua infância, marcada pela mudança para a Líbia com apenas 3 anos de idade. Essencialmente, é um livro sobre as diferenças(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Paul Auster a metro

    Descontos, em diariodeleiturashá 16 horas

    O mínimo que se pode fazer a 4321 é avaliá-lo nos seus próprios termos. O livro tem 870 páginas. Cada página tem em média 2800 caracteres. A esperança média de vida é 80,37 anos. É fazer as contas.   Daqui     Advirto que a crítica também não é "curta". Tem cerca(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Cinema | Land of Mine

    Alexandra, em gira-livroshá 18 horas

    Este não é um filme sobre guerra, mas é um filme sobre o pós 2ª Guerra Mundial, sob um ponto de vista que provalvelmente poucos têm conhecimento ou sequer imaginaram. Com o término da 2ª Guerra Mundial, a costa dinamarquesa foi percorrida por miúdos alemães que tinham como(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Sobre o realismo dos sonhos.

    CD, em insensatezhá 18 horas

    (Sei que, provavelmente, gostavam de ler textos mais inspiradores numa sexta-feira de sol, mas a vida não é sempre alinhada, como aparece aqui no instagram – apesar de eu gostar muito desta rede social.)   Há um lado perverso nisto de nos fazerem acreditar que todos os sonhos(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    A LÍNGUA PORTUGUESA NO MUNDO

    cnc_admin, em e-culturahá 19 horas

      XXIII - POLÍTICAS LINGUÍSTICAS - I     1. Da atitude dominante das soberanias europeias de considerar que “a língua é nossa” , para o conceito de “a língua também é nossa” , transitou-se de uma visão patrimonial da língua, para uma conceção não patrimonial,(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Cinema | Tanna

    Alexandra, em gira-livroshá 19 horas

    Tanna é um filme cuja acção se desenrola numa ilha remota do Pacífico com um vulcão em actividade e que é protagonizado pela tribo Yakel. É uma história comum, mais que vista em diversos contextos, mas que naquele ambiente tão particular acaba por ter um papel importante.(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    A Lua-de-mel, de Sophie Kinsella # 37

    edite, em olivropensamentohá 20 horas

    Autora: Sophie Kinsella Ano:2017 N.º de Páginas: 414 Editora: Quinta Essência   Sinopse :   Lottie tinha a certeza de que Richard, o seu namorado de longa data, ia pedi-la em casamento. Mas estava enganada. Farta de esperar, decide terminar a relação. O inesperado acontece(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Um poema de Miguel Manso

    Ler, em lerhá 20 horas

    CAFÉ CASTRO com cigarros dando para altos janelões com garrafas soturnas canções vazias medito em esquemas falhos de viabilidade financeira – são um descanso estas imaginações diletantes e portuguesas na recuada cidade de Budapeste permitem chegar apenas a este lugar isolado(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    Lobo Solitário, de Jodi Picoult

    Patrícia, em ler-por-ai23/02/2017 às 22:31

      Há alturas em que a leitura se arrasta, em que a concentração não nos permite ler nada de muito exigente e que só nos apetece pegar num livro daqueles para ler de uma ponta à outra sem pensar muito no que se está a fazer. Os livros da Jodi Picoult são assim. Sempre com um(...)

    Continuar a ler
  • avatar

    FILMES | La La Land

    Sandra, em sayhellotomybooks23/02/2017 às 18:25

      Vamos finalmente falar de La La Land. Foi dos poucos, da lista de nomeados para os Óscares, que vi no cinema. Fiz questão. Achei que merecia um ecrã grande e um som poderoso. Devo dizer, primeiro que tudo, que foi uma lufada de ar fresco nos dramalhões que a Academia(...)

    Continuar a ler