perfil público

ESTORIAS DE LUA

Este é o lugar dos Contos e das imagens. Aqui estará SEMPRE no mundo da "Lua" onde é obrigatório SENTIR. Seja bem Vindo!

Dados Pessoais

Nome

Maria

Apelido

Lua

Página Pessoal

http://estoriasdelua.hi5.com

Data Nascimento

00-00-0000

Sexo

F

Localização

Localidade

Algarve

Interesses

Artistas / Bandas Favoritas

Sade, Sting, Moby, Keit Jarret, Pat Metheny, Café del Mar, Akufen, entre outros (e gosto imenso de Chill Out e Jazz Urbano)

Músicas Favoritas

Todas as que toquem no coração... depende do estado de espirito.

Programas TV Favoritos

NENHUM!!!

Filmes Favoritos

Cinema Paraiso

Livros Favoritos

O Principezinho

Interesses

Gosto de coisas bonitas que guardem histórias... adoro caixas (dentro das caixas existem muitos segredos para descobrir...) gosto da lua...da sua calma, do seu aconchego. Gosto de sorrir ao sol e de me deixar penetrar pelas suas histórias de luz e de calor. Gosto de ver pessoas felizes e de sorrisos. Gosto de acreditar que viver não é apenas olhar mas também ver...Amodoro (amo+adoro) ler! Ler...Ler... é uma forma de evoluir, de crescer (…) De vez em quando sinto necessidade de desligar a ficha e partir para um mundo só meu em viagem interior na descoberta de tudo o que existe, sobretudo na redescoberta de mim... Essas viagens tornam-me mais rica (...) É nessas alturas quando regresso que trago novas histórias dentro das minhas imensas malas e novos segredos no coração. E é tudo isso que quero partilhar(...) O conto é a casa onde o sonho mora. Sinto-o sempre que conto um e fico algures perdida dentro da sua magia. É um momento de êxtase profundo em que acredito verdadeiramente no que transmito. E as suas imagens baralham-se e viajam dentro de mim. Tornei-me contadora de Estórias talvez pela necessidade que tenho em acreditar que o sonho existe mesmo e nos ajuda (quando em dose certa) a transformar a realidade, tornando-a menos agreste. O conto é para mim uma dádiva de vida, uma forma de me doar aos que me escutam e receber olhares e sorrisos cúmplices (e muitas respostas) uma forma de me sentir presente e de fazer crer que as coisas bonitas existem mesmo dentro da magia dos olhos de quem as consegue ver. E essa magia, esse sem resposta dá-se no momento da transmissão em que fico perdida num mundo que nem eu própria conheço bem mas que adoro (...). E como surgiram os contos em mim? Os contos começaram a fazer sentido quando necessitei de dar resposta a todos os sonhos contados pelas palavras do vento, da lua, das estrelas, das flores, das bruxas, das fadas e de todos os seres e objectos inanimados que no meu mundo do faz de conta ganharam vida e começaram a conseguir botar palavra, através da minha boca e do meu coração. Sinto-me feliz e abençoada por os ter conseguido escutar... : )

Frase Favorita

Tudo o que não se pode dar: Perde-se / Tudo o que se consegue imaginar é real/ Acredito na força das coisas frágeis / Acredito na raiz dos sonhos, nos instantes mágicos, em finais felizes/ Pão para a boca, histórias para a alma/ “O vento não te levará a lugar nenhum se não souberes onde queres ir”

Os que sigo