Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011
George Steiner e António Lobo Antunes em exclusivo na LER
31 Outubro, 2011
Quinta-feira nas bancas!

publicado por Ler às 10:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011
Edição especial já nas máquinas
27 Outubro, 2011

Começou hoje a imprimir no Bloco Gráfico (Maia) um número histórico da LER. Mais novidades nos próximos dias.

publicado por Ler às 14:57
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011
Andréa del Fuego, por Eduardo Coelho (que bem avisara em Janeiro deste ano na LER)
25 Outubro, 2011

Andréa del Fuego (São Paulo, 1975) é autora de uma trilogia de contos, composta pelos títulos Minto enquanto posso, de 2003; Nego tudo, de 2005, e Engano seu, de 2007. Destacam-se neles a linguagem concisa e ao mesmo tempo exuberante, norteada por uma construção lírica e rigorosa. De certa maneira, foi de sua experiência e experimentação com o conto que surgiu em Os Malaquias (Língua Geral 2010), seu romance de estreia, um estilo muito singular.

O único romance de Andréa revela o fôlego vigoroso dos grandes prosadores, mas também o impacto incisivo de quem parece criar frases como quem busca fazer um poema. Não há sobras nesse livro: ao contrário, tudo em sua narrativa tem função estrutural e sentido; nenhum fato, objeto ou sensação é deixado para trás. Os mínimos detalhes são calculados, bem dosados, sem, contudo, sugerir qualquer falseamento ou tentativa de exibicionismo estilístico: a técnica e o trabalho criativo, em Os Malaquias, não esteriliza o texto; ao contrário, estão a serviço da emoção e da vida.

Baseado em dados biográficos, relacionados à história da família da autora, seu romance é um épico moderno, que trata da carência e da força de três crianças que se tornam órfãs após um acidente natural. Cada qual ganha um destino. Cada qual, em função da separação que sofrem, tornam-se fraturados e buscam recuperar, com a valentia dos grandes heróis, a reconstituição do núcleo afetivo quebrado pelo acidente. A aventura, porém, não tem ares de enfrentamento naturalista/realista contra o mau-destino, como na maior parte dos romances brasileiros contemporâneos. Em meio ao desastre, surge uma outra força, sobrenatural, aproximando Os Malaquias do melhor romance fantástico latino-americano, como De amor e outros demônios, de Gabriel Garcia Marquez.

Não há, entretanto, apego aos mestres do realismo fantástico. Andréa del Fuego tem uma comprensão madura da tradição, suficientemente madura: a ponto de refazê-la, criando novas combinações, propondo novos formatos, incluindo de maneira nova problemas que fazem parte de todos os tempos: o amor, a morte, a vida, ou até mesmo a falta de uma política pública que não separe irmãos órfãos, fragilizando-os ainda mais e fazendo-os perder um fio importante da memória e da construção da subjetividade.

Por estas e outras razões, Os Malaquias, de Andréa del Fuego, foi apontado na coluna «A Voz do Brasil» (LER nº 98, Janeiro de 2011) como um dos melhores livros de 2010. Por estas e outras razões, Andréa del Fuego, indicada neste ano entre os finalistas do Prêmio Jabuti na categoria romance, agora recebe o prêmio José Saramago.

publicado por Ler às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos
Prémio José Saramago para a brasileira Andréa del Fuego
25 Outubro, 2011

Com o seu romance de estreia, Os Malaquias (Língua Geral, 2010), a paulistana Andréa del Fuego (n. 1975) conquista a edição de 2011 do Prémio Literário José Saramago. Depois de Adriana Lisboa (2003), é a segunda autora brasileira inscrever o seu nome numa galeria dominada por portugueses: Paulo José Miranda, José Luís Peixoto, Gonçalo M. Tavares, Valter Hugo Mãe e João Tordo. Pode ler o primeiro capítulo do romance aqui.

publicado por Ler às 18:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
Abel & Ricardo
19 Outubro, 2011

publicado por Ler às 11:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Terça-feira, 18 de Outubro de 2011
Julian Barnes conquista o Booker
18 Outubro, 2011

Com o romance The Sense of an Ending. A Quetzal promete para breve a edição portuguesa.

publicado por Ler às 22:58
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Vencedores do Jabuti: José Castello, Laurentino Gomes, Dalton Trevisan e Ferreira Gullar
18 Outubro, 2011

Ribamar, do escritor e crítico literário José Castello, é o grande vencedor na categoria de romance do prémio Jabuti. Laurentino Gomes (reportagem), Dalton Trevisan (contos e crónicas) e Ferreira Gullar (poesia) integram a lista completa dos galardoados.

publicado por Ler às 21:04
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Prémio Leya para João Ricardo Pedro
18 Outubro, 2011

Dos 162 originais «provenientes maioritariamente de Portugal e do Brasil», o júri presidido por Manuel Alegre decidiu atribuir o Prémio Leya 2011 ao português João Ricardo Pedro, 38 anos, licenciado em Engenharia Electrotécnica, pelo seu livro de estreia: O Teu Rosto Será o Último. Com o valor de 100 mil euros, o galardão distingue desde 2008 um romance inédito escrito em língua portuguesa.

publicado por Ler às 18:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011
Amazon no papel de editora
17 Outubro, 2011

Uma entrada de leão que promete agitar o mercado nos próximos meses.

publicado por Ler às 15:57
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Alguém pediu um robot-book?
17 Outubro, 2011

A resposta segue dentro de momentos.

publicado por Ler às 15:49
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
José Luís Peixoto no El País
17 Outubro, 2011

«A la gente de mi generación siempre nos recuerdan las cosas que no vivimos, la dictadura, la guerra colonial, la emigración. Es una generación definida por algo que no vivió, porque nacimos en el momento en que cambió la historia del país.»

publicado por Ler às 15:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011
IVA do livro não aumenta
14 Outubro, 2011

A LER acaba de confirmar: os livros manterão a taxa de 6%. Miguel Freitas da Costa, secretário-geral da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, em declarações ao Público, diz que «a APEL fica contente com esta decisão do Governo de considerar o livro um "bem essencial"».

publicado por Ler às 14:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011
«A Morte da Obra», por Bernardo Carvalho
12 Outubro, 2011

O escritor brasileiro regressa a Lisboa na sexta-feira para a conferência «A Morte da Obra», que integra a programação do colóquio «Público e Privado, o Deslizar de uma Fronteira», organizado pelo Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. A partir das 9h30, no anfiteatro III.

publicado por Ler às 10:34
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Escritaria dedicado a Mia Couto
12 Outubro, 2011

Como habitualmente, em Penafiel. Dias 15 e 16 de outubro.

publicado por Ler às 10:15
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Prémio José Saramago 2011 anunciado dia 25
12 Outubro, 2011

O escritor que se juntará à galeria de vencedores constituída por Paulo José Miranda, Adriana Lisboa, José Luís Peixoto, Gonçalo M. Tavares, Valter Hugo Mãe e João Tordo será conhecido no próximo dia 25 de outubro, às 18h30, no edifício sede do Grupo BertrandCírculo, em Lisboa. O Prémio José Saramago é atribuído de dois em dois anos, e distingue autores até 35 anos com obra de ficção editada em língua portuguesa.

publicado por Ler às 10:02
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Terça-feira, 11 de Outubro de 2011
Frankfurt, cinco dias como capital do livro
11 Outubro, 2011

De portas abertas a partir de amanhã.

publicado por Ler às 14:48
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
LER no Chiado amanhã
11 Outubro, 2011

publicado por Ler às 14:41
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011
Prémios PEN Clube para Pedro Rosa Mendes, Jaime Rocha, João Barrento, Jorge Vaz de Carvalho e André Gago
10 Outubro, 2011

«Concorriam cerca de 50 romances, mas logo no início da reunião começou a ficar claro que o vencedor iria ser o romance de Pedro Rosa Mendes», admitiu o ensaísta Luiz Fagundes Duarte, que integrou o júri do prémio PEN Clube. Se a categoria de narrativa foi atribuída a Peregrinação de Enmanuel Jhesus (Dom Quixote, 2010), no capítulo da poesia o destaque vai para Jaime Rocha com Necrophilia (Relógio D"Água, 2010). No ensaio, dupla distinção: João Barrento por O Género Intranquilo: Anatomia do Ensaio e do Fragmento e Jorge Vaz de Carvalho por Jorge de Sena: 'Sinais de Fogo' como Romance de Formação (ambos publicados pela Assírio & Alvim em 2010). O galardão habitual para a estreia literária acabou por ser entregue a Rio Homem (ASA, 2010), de André Gago.

publicado por Ler às 14:14
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Sábado, 8 de Outubro de 2011
Última chamada!
08 Outubro, 2011

Há um ano, lançámos o desafio aos leitores para um almoço tarde fora. As inscrições em Lisboa, e mais tarde no Porto, superaram as nossas melhores expectativas. Embalados por isso, voltamos, como prometido, a fazer o convite, desta vez para o restaurante do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, no dia 15 de outubro. O manifesto, esse é o de sempre: queremos conhecer os nossos leitores, cara a cara, um por um. Conhecê-los onde melhor se conhecem as pessoas: à mesa. Reclamações, sugestões, desabafos — cabe tudo neste encontro, onde não faltarão alguns cronistas e colaboradores, escritores, livros para sortear, revistas para oferecer, um pequeno concerto e algumas revelações sobre as iniciativas que passarão pelas páginas da revista já a partir de Janeiro, a propósito dos 25 anos da LER. Um encontro genuíno, sem truques na manga, estratégias de marketing ou almoços grátis: o preço de inscrição é de 25 euros e, voltem a desenganar-se os mais conspirativos, não ganhamos um cêntimo. Prometemos boa comida e a melhor companhia. Os interessados devem enviar um e-mail para ler@circuloleitores.pt. As inscrições terminam a 13 de Outubro.

publicado por Ler às 00:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2011
Conselho com mais de dois anos
06 Outubro, 2011

Em Maio de 2009, neste artigo assinado por José Riço Direitinho na LER, ficava o conselho: edite-se, traduza-se Tranströmer.

Tags:
publicado por Ler às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (3) | adicionar aos favoritos
Lisboa, Tranströmer
06 Outubro, 2011

No bairro de Alfama os eléctricos amarelos cantavam nas calçadas íngremes.
Havia lá duas cadeias. Uma era para ladrões.
Acenavam através das grades.
Gritavam que lhes tirassem o retrato.

“Mas aqui!”, disse o condutor e riu à sucapa como se cortado ao meio,
“aqui estão políticos”. Vi a fachada, a fachada, a fachada
e lá no cimo um homem à janela,
tinha um óculo e olhava para o mar.

Roupa branca no azul. Os muros quentes.
As moscas liam cartas microscópicas.
Seis anos mais tarde perguntei a uma senhora de Lisboa:
“será verdade ou só um sonho meu?”

 

«Lisboa», poema publicado em 1966 e editado em português no volume 21 Poetas Suecos (Vega, 1980). Tradução de Vasco Graça Moura.

publicado por Ler às 16:10
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Poemas traduzidos do Nobel
06 Outubro, 2011

O poeta João Luís Barreto Guimarães publicou em Fevereiro alguns poemas de Tomas Tranströmer, traduzidos a partir da edição espanhola Para vivos y muertos (ed. Hiperión, traduzidos do sueco por Roberto Mascaro e Francisco Uriz).

Tags:
publicado por Ler às 16:05
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Um poema do Nobel
06 Outubro, 2011

Tags:
publicado por Ler às 12:21
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Tributo a Tranströmer
06 Outubro, 2011

Tags:
publicado por Ler às 12:19
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Tomas Tranströmer, Nobel da Literatura 2011
06 Outubro, 2011

A Academia sueca escolhe finalmente este poeta sueco, há muito apontado como um dos principais candidatos.

Tags:
publicado por Ler às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos
Terça-feira, 4 de Outubro de 2011
Nobel da Literatura anunciado quinta-feira
04 Outubro, 2011

Até ao grande momento pode ir acompanhando as principais apostas.

Tags:
publicado por Ler às 10:37
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2011
Prémio Literário Fernando Namora para Gonçalo M. Tavares
03 Outubro, 2011

Uma Viagem à Índia (Caminho) continua a acumular prémios literários.

publicado por Ler às 10:46
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Fragmentos de Claraboia
03 Outubro, 2011

Enquanto se aguarda o lançamento (15 de outubro), em Portugal e no Brasil, do romance inédito de José Saramago, há pequenos fragmentos de Claraboia n'O Caderno de Saramago. Todos os dias.

publicado por Ler às 10:14
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Sábado, 1 de Outubro de 2011
Já nas bancas!
01 Outubro, 2011

publicado por Ler às 11:23
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
Posts recentes

Editorial || Machado de A...

Fotografias exemplares, 5...

Adaptados à «leitura por ...

Quem não quer um biquíni ...

Senha, password ou palavr...

Editorial || Eric Zemmour...

Informação útil: um ameri...

José Gil em Famalicão

Fotografias exemplares, 4...

Seis finalistas para o Pr...

Assinaturas
Faça já a sua assinatura aqui.

Contacto

Notícias, rumores, invenções e impropérios para ler@circuloleitores.pt

Pesquisar
 
Lido e publicado

1. Os 50 autores mais influentes do século XX.
2. Dez cidades para visitar com livros debaixo do braço.
3. Charles Darwin, 200 anos depois.
4. «O Magalhães é o maior assassino da leitura em Portugal.»
5. Última entrevista de António Barahona.
6. Inéditos de Fernando Pessoa.
7. John Milton por João Pereira Coutinho.
8. «O meu mal é ter uma curiosidade de puta.»
9. Entrevista Luis Sepúlveda.
10. «Já quase pareço um escritor.»
11. Entrevista Eduardo Lourenço.
12. Breve Introdução à Teoria Literária.
13. Agustina, a indomável.
14. Trinta livros do PNL.
15. Entrevista A. M. Pires Cabral.
16. Dinis Machado: «Só quis escrever um livro».
17. Retratos de um Nobel.
18. Os últimos e-mails de Stieg Larsson.
19. Os 200 anos de Edgar Allan Poe.
20. Knoxville, o território de McCarthy.
21. O bibliotecário ambulante.
22. Dez escritores europeus que (já) mereciam ser traduzidos em Portugal.
23. Entrevista Mia Couto.
24. Entrevista Vasco Pulido Valente.
25. Inéditos Vinicius de Moraes.
26. Os heterónimos de Eduardo Lourenço

Ligações
Arquivo

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

blogs SAPO
Subscrever feeds