Tags : amor

  • avatar

    Sequelas e limões

    Inês Aroso, em contoseditosdainesarosohá 2 horas

    A palavra "sequela" é rica (sem ser cara), à semelhança de outras, no nosso léxico. Para além do uso comum, uma "sequela" tanto se utiliza para questões médicas, como jurídicas, como no cinema e na literatura. Claro que a mim, como alguém que respira histórias (além do (...)

    Ler mais
  • avatar

    Da homossexualidade...

    marta-omeucanto, em marta-omeucantohá 6 horas

      No outro dia, ia com o meu marido e a minha filha a passear em Lisboa. A pé, parámos numa passadeira, à espera do sinal verde. Por nós passou um casal, de mãos dadas, tendo ficado à nossa frente. Enquanto esperavam pelo sinal, beijaram-se. Notava-se a felicidade no rosto e (...)

    Ler mais
  • avatar

    Renascer

    Xabi Verde, em xabiverde22há 10 horas

    O Sol está a desaparecer tão rápido do firmamento que até julgo que este tem pressa em abandonar a cena. Será que ele tem medo do escuro? Da escuridão, só tenho medo da que existe na minha alma, confesso. O barulho das ondas a quebrarem, pesadamente, na praia, torna-se cada (...)

    Ler mais
  • avatar

    As relações não são para fracos

    Leonardo Rodrigues, em leonismoshá 15 horas

      Quando se escreve para os outros sobre as relações é sempre mais fácil falar sobre o lado cor de rosa com flores amarelas, mas deixamos - eu inclusive - as escritas do outro lado, apenas para nós, porque nos ajuda. Nem sempre são um texto inteligível e de agradável (...)

    Ler mais
  • avatar

    [O teu olhar] A humildade e a lua

    Carolina Cruz, em gestoolharesorrisohá 16 horas

      Um dia a lua perguntou-me porque é que eu sorria tanto como o sol.  Eu corei, disse que admirava as suas estrelas, as que lhe faziam companhia no céu, à noitinha, e ela disse que nada serviam porque brilhavam apenas quando todos os outros seres dormiam, eu falei-lhe de (...)

    Ler mais
  • avatar

    Sal

    Ventania, em ventaniahá 17 horas

      A palidez das emoções é-me insuportável, as palavras suaves e delicadas, névoas vazias de fogo, de pujança e de vida. Rendas debruadas a ouro, com minúcia na forma e vazias de conteúdo, não me servem, repelem-me o toque. São desperdício, diluem-se nos tempos rotos e nas (...)

    Ler mais
  • avatar

    OSTENTAÇÃO...

    izoton, em izoton20/09/2018 às 01:40

         Tem gente que, para aparecer, ai, ai, né...      ... é capaz de pendurar um penico vermelho no pescoço...

    Ler mais
  • avatar

    No Fundo Do Mar...

    Filipe Vaz Correia, em canecadeletras19/09/2018 às 22:28

          No fundo do mar; Uma pedra dormia, Enquanto a maresia, Levemente adormecia, Essa espécie de tristeza, Dentro de mim...   No fundo do mar.      

    Ler mais
  • avatar

    Olhar em frente..

    Folhasdeluar, em folhasdeluar19/09/2018 às 15:49

    Olhar em frente...ver o que não se pode saber Adivinhar o pouco que existe nas frestas das ruas Tocar nas paisagens mais altas...correr.   É tão pouco um homem para tão grandes algemas São tão pequenos os gestos para tão grandes silêncios Seguir a direito...lentamente (...)

    Ler mais