Tags : poesia

  • avatar

    Nasce em nós um grito...

    Folhasdeluar, em folhasdeluarhá 14 horas

      Nasce em nós um grito...uma fome de ser gente e prata Vemos um deus em cada estrela...uma esperança em cada brilho E procuramos nos fragmentos da nossa alma A comunhão com as coisas que se dispersam na espuma incandescente da noite.   Desapertamos laços... Corremos como (...)

    Ler mais
  • avatar

    João Luís Barreto Guimarães e Jorge Sousa Braga

    AMR, em anabelamotaribeirohá 16 horas

    João Luís Barreto Guimarães nasceu em 1967, é cirurgião plástico e reconstrutivo. Você está Aqui , o seu livro mais recente, acabou de ser lançado. Não foi esse, mas o anterior, Poesia Reunida , que mereceu uma recensão no Times Literary Supplement.  Jorge Sousa Braga (...)

    Ler mais
  • avatar

    Viagem Minha

    Rita PN, em contame-historiashá 17 horas

    Abro os braços na extensão da noite, envolta no silêncio que de mim se inteira. Ensurdece-me o rasgar de pensamentos e cega-me, na escuridão, a nitidez de uma imagem que me arrepia o corpo, ao recordar a viagem vivida em ti, no suspiro de um momento.   Na passividade do céu (...)

    Ler mais
  • avatar

    Recordando... Sophia de Mello Breyner Andersen

    cateespero, em cateespero25/05/2018 às 00:00

    PARA ATRAVESSAR CONTIGO O DESERTO DO MUNDO   Para atravessar contigo o deserto do mundo Para enfrentarmos juntos o terror da morte Para ver a verdade para perder o medo Ao lado dos teus passos caminhei   Por ti deixei meu reino meu segredo Minha rápida noite meu silêncio Minha (...)

    Ler mais
  • avatar

    Mahmoud Darwish - In Jerusalem

    Luis Soares, em lsoares23/05/2018 às 12:12

    In Jerusalem, and I mean within the ancient walls, I walk from one epoch to another without a memory to guide me. The prophets over there are sharing the history of the holy ... ascending to heaven and returning less discouraged and melancholy, because love and peace are holy and are (...)

    Ler mais
  • avatar

    Forma de Amar

    Filipe Vaz Correia, em canecadeletras23/05/2018 às 03:53

          Amar-te é contar; Incessantemente contar, Os momentos em que ausente estás, Ansiosamente esperando, Que esse regresso se apresse, Para amenizar o sofrimento, Que sentindo me sufoca, Sufocando me desespera, Sem parar...   Até a esse momento; Espécie de rajada de vento, (...)

    Ler mais
  • avatar

    Balada da sociedade pastilha elástica

    Elisabete Pereira, em thebookofstories22/05/2018 às 17:19

    Lá vêm eles em barda A multidão surge esfomeada Uma das mãos no volante, a outra no smartphone Não interessa o que a comida é, fatura!? Sim senhor, é logo para tirar Alguns deles lá vêm com a nota a acenar. Nem olham para quem os atende, não interessa, tem que dar um like (...)

    Ler mais
  • avatar

    O Amor, Meu Amor

    Rita PN, em atequeossentidostransbordem21/05/2018 às 18:12

    Nosso amor é impuro como impura é a luz e a água e tudo quanto nasce e vive além do tempo.   Minhas pernas são água, as tuas são luz e dão a volta ao universo quando se enlaçam até se tornarem deserto e escuro. E eu sofro de te abraçar depois de te abraçar para não (...)

    Ler mais
  • avatar

    O que pode ter quem é

    antonioramalho, em anpera2121/05/2018 às 13:36

    A afirmação que não percebe o medo que pode ter o que ia acreditar, na imaginação que podia tentar o que não tem, nos aspetos que passaram o tempo a ser, o que não interessa chamar a dizer como é, a espera na busca do que a vida é. Responder ao sonho de estar na experiência (...)

    Ler mais