Posts com a tag poesia

  • avatar

    Recordando... José Duro

    cateespero, em cateesperohá 12 horas

    NOIVADO ESTRANHO   Quisera amar-te muito, ó Gémea do luar, Num sonho excepcional, só de carícias feito, Abendiçoar o céu na luz do teu olhar, E a alma adormecer na curva do teu peito; Quisera amar-te sempre, ó Doce como arminho E casta como a pomba em seus arrulhos doces... (...)

    Ler mais
  • avatar

    É frias

    AB Poeta, em abpoetahá 22 horas

      A Cultura virou uma novela: de “Rainha da Sucata” a “Malhação” enredos medonhos, nenhuma ação e a fantasia domina nossa tela   Há personagens que a gente elege: de “Sassa Mutema” a “Sinhozinho Malta” arquétipos brasileiros enchendo a pauta de estórias, que (...)

    Ler mais
  • avatar

    Partilhando Poesia

    mau feitio, em maufeitioblogdrbchá 23 horas

    Conheci este poema faz apenas um dia pela voz  da atriz brasileira Ísis Valverde e gostei tanto porque é tão real.  Não sei se vocês o conhecem...?     Se a gente jogar uma pedra no vento Ele nem olha para trás. Se a gente atacar o vento com enxada Ele nem sai sangue da (...)

    Ler mais
  • avatar

    EM REBUSCA DO JAPÃO II

    cnc_admin, em e-cultura24/05/2020 às 09:00

        Retomo - tal como prometera em carta à Princesa de mim - o fio da meada que nos tem levado a percorrer caminhos e atalhos da cultura japonesa, ou daquilo que, tantas vezes (!), nos possa parecer, e talvez seja, reflexo simétrico do nosso próprio pensarsentir, será (...)

    Ler mais
  • avatar

    Misticismo e Nevoeiro

    MariaS, em silencios24/05/2020 às 00:20

            Deitarei a minha cabeça sobre ti. Almofada de outras noites e sonhos. Tempos sombrios  e risonhos. Voltarei ao mesmo... Por uma noite, apenas. Às mesmas palavras e penas. Dar-nos-ei outra oportunidade.     Enquanto a noite durar. O dia demore a clarear. Porque (...)

    Ler mais
  • avatar

    Quem Se importa?

    Filipe Vaz Correia, em canecadeletras23/05/2020 às 09:00

              Aos teus olhos somente fragilidade; aos olhos de outros fortaleza, aos meus olhos reciprocidade, aos olhos de outrem aspereza.   Nesta batalha de tantas vidas; se escondem amargas melodias, marcas e feridas, disfarçadas à luz do dia.   Mas no toque de uma mão; (...)

    Ler mais
  • avatar

    Poesia à sexta-feira - Tribuna do Alentejo

    ricardojorgeclaudino, em ricardojorgeclaudino23/05/2020 às 08:46

    Olá a tod@s! É com grande entusiasmo que informo que todas as sextas-feiras irei publicar um poema inédito na Tribuna do Alentejo. Ontem, para começar, foi a vez do poema "As oliveiras falam". Podem consultar na íntegra em  https://tribunaalentejo.pt/artigos/oliveiras-falam (...)

    Ler mais
  • avatar

    A sanzala do adeus

    francisco luís fontinha, em franciscoluisfontinha22/05/2020 às 19:05

    Os poemas da morte, Palavras tristes no nevoeiro da manhã, Cancelas à sorte, Abertas, campestres sentimentos de partir, Regressar sem regresso, Fugir, Cansaço premeditado que apenas os livros vivem, Palavras, Ditados, Nos poisos sonolentos das montanhas. As flores negras que a (...)

    Ler mais
  • avatar

    João Luís Barreto Guimarães e Jorge Sousa Braga

    AMR, em anabelamotaribeiro22/05/2020 às 16:40

    João Luís Barreto Guimarães nasceu em 1967, é cirurgião plástico e reconstrutivo. Você está Aqui , o seu livro mais recente, acabou de ser lançado. Não foi esse, mas o anterior, Poesia Reunida , que mereceu uma recensão no Times Literary Supplement.  Jorge Sousa Braga (...)

    Ler mais
  • avatar

    A vida em desuso: notas sobre poesia

    RODRIGO ARAUJO, em rodrigoaraujo22/05/2020 às 15:09

    A vida é um hospital Onde quase tudo falta. Por isso ninguém se cura E morrer é que é ter alta (FERNANDO PESSOA, In: Quadras . Lisboa: Assírio e Alvim, p. 50).                Talvez os poetas sejam os que melhor sentem e experienciam as agruras da vida, os que mais se (...)

    Ler mais