Posts com a tag poesia

  • avatar

    A dor que acompanha o medo

    Ohh.do.Carmo, em ohhdocarmo10/04/2024 às 12:11

    "A dor não humaniza ou torna nobre, não faz de nós melhores, sequer nos salva , ou nada a justifica ou a anula. A dor não traz perdão nem imuniza, não fortalece ou dulcifica a alma, não cria nada nem nada a destrói. A dor existe sempre e sempre volta pois nenhum dos seus (...)

    Ler mais
  • avatar

    Os ensinamentos do Poeta Panteísta

    M, em designingmydreamlife10/04/2024 às 09:00

    Alberto Caeiro é o poeta panteísta do mundo das  pessoas de Pessoa . Apresenta-nos a Natureza não só como cenário dos seus poemas mas também como local de encontro e comunhão com Deus. Deus  é  e Deus  está  na Natureza. Tão simples e tão direto quanto isto. Mas se (...)

    Ler mais
  • avatar

    19 anos felinos

    Olga Cardoso Pinto, em acordaescrita09/04/2024 às 09:59

      🎂   A minha gatinha, a Cookie, completa hoje 19 anos! Um feito para um gato, desculpem, uma gata. É a nossa companheira desde os 5 meses, partilhando a sua vida com os "manos" que cresceram com ela. E, para festejar, hoje terá mimos a dobrar e este poema/estória que lhe é (...)

    Ler mais
  • avatar

    Mundo novo

    André Maria, em escritoavapor08/04/2024 às 17:06

    O ecrã é um telhado, De onde vemos o mundo, Tudo bebemos num segundo, Se presente é já passado. São os dias de hoje, Nas prateleiras de uma tela, Mil olhos à janela, Deste tempo que nos foge. Deixa que as ondas falem, O tempo aconteça sozinho, Se vento vencer o moinho, Teus (...)

    Ler mais
  • avatar

    Sessenta anos sem Daniel Filipe

    Pedro Correia, em delitodeopiniao06/04/2024 às 10:23

    (fragmento) Neste ano de 1962 não como Hazim Hikmet no avião de pedra mas na minha cidade livre de ir onde quiser e no entanto prisioneiro neste ano de 1962 exactamente em Lisboa Avenida de Roma número noventa e três às três horas da tarde   Neste ano de 1962 encostado a uma (...)

    Ler mais
  • avatar

    Fim de tarde

    EntreLinhasSecretas, em EntreLinhasSecretas02/04/2024 às 15:18

    Num fim de dia chuvoso, retorno ao meu refúgio, onde o aconchego da salamandra me envolve em uma suave carícia de calor. A atmosfera fria e húmida lá fora contrasta com a serenidade e o calor que preenche cada canto desta minha fortaleza de paz. Chego a casa, e sinto-me abraçado (...)

    Ler mais
  • avatar

    Palavras perdidas

    MM, em fragmentosdemiguelmoreno01/04/2024 às 20:48

    Escrevo nas entrelinhas da alma Sentimentos oriundos do coração E como um bom vinho que se degusta com calma Doo o corpo à liberdade Serenidade, libidinosidade Aromas despertados ao sabor da paixão Numa noite ao luar Numa cama feita de areia do mar   Deixo fluir a tinta em (...)

    Ler mais
  • avatar

    sem título #1

    Laura Vasques de Sousa, em lauravasquessousa31/03/2024 às 23:29

    Na ausência, o abismo Sem ar, sem tempo, sem hora de partida    Tu, aqui, para sempre, ainda   No vazio, o destino Em forma de gente, sentado ao meu lado Vil, companheiro, cruel, aliado   Na dor, o aconchego No pranto, o caminho Na chaga, o sustento   Na saudade, o regozijo   (...)

    Ler mais
  • avatar

    "O dia calado das glicíneas" (bis)

    João-Afonso Machado, em jamachadosemterra29/03/2024 às 15:00

    Nada dirão hoje silenciosas ante olhos em cantochão cobiçando suas campainhas   nas longas vestes majestosas dos seus lilases de rainhas.   E aos molhos despertarão amanhãs e as gentes as glicínias esparsas no chão como sinos frementes, arremetidas ígneas cores ecos, (...)

    Ler mais